Gil na final de pares em Monastir; Gonçalo termina época nas ‘meias’ de Andria

Por José Morgado - Novembro 23, 2018
fred-gil

Fred Gil, um dos melhores tenista portugueses de sempre e recentemente vice-campeão nacional, deitou para trás das costas a desilusão dos singulares no Future de Monastir, na Tunísia, e garantiu um lugar na final de pares, ao lado do brasileiro Diego Matos.

O sintrense de 33 anos, que no ranking de pares está a bater à porta do top 200, derrotou ao lado de Matos a dupla holandesa formada por Maikel Borg e Stephan Gorritsen, em dois sets, por 6-2 e 7-6(5).

Em sentido inverso, no Challenger de Andria, Gonçalo Oliveira, número dois português de pares, caiu nas meias-finais da prova italiana ao lado do checo Zdanek Kolar. Cederam diante dos polacos Karol Drzewiecki e Szymin Walkow em três sets e 1h11, por 3-6, 6-3 e [10-6].

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.