Gigantes da Laver Cup dão receita do sucesso sem vergonha: «Temos de ser servebots!»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 23, 2021

Reilly Opelka e John Isner são dois dos representantes da equipa do Mundo que vai desafiar a Europa na Laver Cup. Um desafio extremamente complicado, até tendo em conta o ranking dos jogadores em causa, mas a verdade é que os gigante norte-americanos levam a lição bem estudada para tentarem fazer frente às estrelas da seleção que venceu as três edições que já se realizaram.

“Temos de ser servebots! Temos armas suficientes para fazer dano a qualquer jogador e se estivermos inspirados no serviço podemos ganhar aos melhores. Quando chegas a um tie-break e nos defrontas, não deve ser boa notícia. Adoro o ambiente que se respira na equipa, os rapazes são fantásticos e vou dar tudo em court”, afirmou Opelka.

Uma ideia partilhada por Isner. “Não há segredos no nosso jogo. Tudo começa e acaba com o nosso serviço. A única coisa que temos de fazer é tentar meter pressão no marcador, mantendo sempre o serviço e confiar em ganhar o tie-break ou aproveitar alguma oportunidade. Não é boa ideia metermo-nos a trocar a bola com estes tipos…”, atirou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.