Fritz elimina Tsitsipas com uma das melhores exibições da carreira e estreia-se nos ‘quartos’ em Melbourne

Por José Morgado - Janeiro 21, 2024
fritz

Taylor Fritz, número um dos Estados Unidos e 12.º colocado do ranking mundial, protagonizou este domingo uma das melhores exibições da sua carreira — seguramente a melhor em torneios de Grand Slam — para se qualificar para os quartos-de-final do Australian Open pela primeira vez na vida. São os terceiros ‘quartos’ da carreira de Fritz em Majors, depois de Wimbledon 2022 e US Open 2023.

O norte-americano, que saiu do top 10 na reta final de 2023 após uma época que não lhe correu tão bem quanto gostaria, derrotou nos oitavos-de-final do Australian Open o grego Stefanos Tsitsipas, número sete do Mundo e finalista do ano passado, por 7-6(3), 5-7, 6-3 e 6-3, em três horas de duelo, num encontro que entra para a galeria de melhores de sempre do californiano, que disparou 50 winners e apenas 19 erros não-forçados. É a primeira vez que Fritz derrota um top 10 num Major…

Nos quartos-de-final, Fritz vai defrontar não menos do que Novak Djokovic, campeão por 10 vezes, número um do Mundo e jogador que nunca derrotou no passado (0-8). Os únicos sets que Fritz lhe ganhou foram precisamente neste torneio, em 2021.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt