Fritz e uma seleção norte-americana com os seus padrinhos de casamento: «É divertido»

Por José Morgado - Março 14, 2020
fritz-opelka-paul

Em 2015, três miúdos norte-americanos vencerem os três últimos Grand Slams de juniores da temporada: Tommy Paul venceu em Roland Garros, Reilly Opelka triunfou em Wimbledon e Taylor Fritz no US Open. Aos 22 anos, os três vivem os melhores momentos das suas carreiras em 2020 (ou viviam, antes da paragem) e na semana passada estiveram todos juntos pela primeira vez na seleção norte-americana da Taça Davis, que se qualificou para as Finals da prova, em novembro, na cidade de Madrid.

Para Fritz, que passará a ser o número um norte-americano em breve, esta foi uma ocasião especial, por que Opelka e Paul são também os seus padrinhos de casamento. “Eles estão sempre comigo nos torneios, não muda muito. Retira um pouco de pressão estão com eles pois não queremos desapontar a nossa equipa, o nosso país. É divertido estar com eles e é mais fácil motivarmo-nos para essas provas e momentos.”

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//www.instagram.com/p/B9did9jgLF5/

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.