Frederico Silva segue para as ‘meias’ em Forli com reviravolta épica sobre antigo top 25

Por Bola Amarela - Janeiro 21, 2022
frederico-silva-lisboa
FOTO: Beatriz Ruivo

Foi uma reviravolta épica e com contornos dramáticos que Frederico Silva, número 239 do ranking ATP, se apurou para as meias-finais do Challenger de Forli, em Itália. O caldense esteve a perder por 5-3 na terceira partida e salvou dois match points ao cabo de mais de 3 horas de encontro e logo contra um tenista que já foi 25.º da hierarquia mundial masculina. Falamos de Vasek Pospisil, que defendia o estatuto de 1.º cabeça-de-série do torneio.

Kiko venceu com os duríssimos parciais 7-6(3), 6-7(1) e 7-5, numa batalha em que a primeira quebra de serviço só surgiu a meio do terceiro parcial. Até lá, o saque reinou e a decisão das duas primeiras partidas só foi alcançada nos tie-breaks, com um a ir para cada lado. Mas avancemos até ao tal terceiro parcial. A 3-3, Pospisil fez o break e parecia lançado para a vitória quando consolidou para fazer o 5-3. No entanto, Frederico Silva lutou, salvou dois match points quando servia a 3-5 e acabou mesmo o duelo a vencer os últimos quatro jogos.

O português volta às meias-finais de um Challenger mais de um ano depois, quando atingiu a final de São Paulo no final de 2020, sendo que vai medir forças com o russo Pavel Kotov, atual 231.º do ranking ATP. Para já, Kiko tem um salto previsto para o 220.º posto da hierarquia mundial masculina, sendo que a final lhe daria o 208.º lugar e o título o 192.º.

Bola Amarela