Final feminina em ‘s-Hertogenbosch opõe duas jogadoras banidas de Wimbledon

Por José Morgado - Junho 11, 2022
sabalenka

O ténis por vezes consegue ser… irónico. A final do WTA 250 de ‘s-Hertogenbosch, o primeiro torneio de relva de 2022 com final definida, vai ser disputada entre a bielorrussa Aryna Sabalenka, número seis WTA, e a russa Ekaterina Alexandrova, 30.ª WTA, duas tenistas que estão impedidas de participar em Wimbledon devido à sua nacionalidade, na sequência da invasão russa (apoiada pela Bielorrússia) à Ucrânia.

Nas meias-finais deste sábado, Sabalenka derrotou a norte-americana Shelby Rogers (42.ª), por 7-6(6) e 6-0, ao passo que Alexandrova superou a compatriota Veronika Kudermetova (24.ª WTA), por claros 6-3 e 6-1.

Sabalenka e Alexandrova vão defrontar-se pela primeira vez nas respetivas carreiras, num encontro que promete.

 

  • Categorias:
  • WTA
José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.