Federer vai cair no ranking mas continuará no top 10 depois de Wimbledon

Por José Morgado - Julho 8, 2021
federer
Foto: EPA

Roger Federer, número um do Mundo durante 310 semanas e atualmente no oitavo posto do ranking mundial, vai voltar a cair no ranking depois do torneio de Wimbledon, no qual não conseguiu defender os pontos que tinha por ter atingido a final da última edição, em 2019. O suíço vai perder ‘somente’ metade dos pontos (600 dos 1200 que venceu em 2019) por causa do descongelamento gradual dos rankings mas cairá ainda assim do oitavo para o nono posto da classificação… pelo menos.

Se Denis Shapovalov ou Hubert Hurkacz vencencerem no All England Club, no próximo domingo, o suíço cairá mesmo para o 10.º lugar, sendo no entanto matematicamente impossível que caia para fora do lote dos 10 primeiros.

Federer esteve no top 10 mundial entre 2001 e 2016, tendo saído durante alguns meses devido à sua primeira operação ao joelho esquerdo, na segunda metade de 2016. O suíço voltaria depois a entrar rapidamente no lote dos 10 melhores, em janeiro de 2017, e de lá não voltou a sair até agora.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.