Federer sofre (muito), faz 60 erros, mas bate Simon e fica a um passo da 12.ª final seguida em casa

Por José Morgado - 26 Outubro, 2018

Roger Federer, número três mundial e em busca de um nono título no ATP 500 de Basileia, a cidade onde nasceu e cresceu, garantiu esta sexta-feira a qualificação para as meias-finais daquela que continua a ser uma das provas mais importantes do seu calendário.

O suíço de 37 anos, que tem passado por alguns altos e baixos nesta segunda metade da temporada, derrotou nos quartos-de-final o francês Gilles Simon, ex-top 10 mundial e atual 32.º, com muitas dificuldades e muitos breaks sofridos, por 7-6(1), 5-7 e 6-4, num encontro de 2h35 em que andou sempre longe do seu melhor (fez 60 erros não forçados). Foi o nono duelo entre os dois e Federer passa agora a comandar o confronto direto por 7-2.

Em busca de uma 12.ª final consecutiva em Basileia, Federer espera agora pelo vencedor do encontro entre o russo Daniil Medvedev e o grego Stefanos Tsitsipas para saber quem defronta no sábado.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.