Federer respira de alívio: «Felizmente que era um super tie-break, se não perdia isto»

Por Nuno Chaves - Janeiro 24, 2020

Roger Federer, número três mundial, apanhou esta sexta-feira um valente susto mas derrotou John Millman para garantir um lugar nos oitavos de final do Australian Open.

Em declarações ainda em court, o helvético, de 38 anos, mostrou-se… bastante aliviado e com muito humor. “Oh Deus, felizmente que é um super tie-break, se não perdia isto. John jogou um grande encontro. É um grande lutador, no final talvez tenha tido alguma sorte, tive de ficar focado e tomar as melhores decisões”, admitiu.

Federer confessou ainda que já estava mentalizado… para perder. “Pensei que tentei, não joguei muito mal, já me estava a preparar para explicar as coisas na conferência de imprensa. Que grande encontro”, confessou o helvético.

Federer está nos 16 melhores do primeiro Grand Slam da temporada e vai agora ter pela frente o hungaro Marton Fucsovics.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.