Federer: «Quando era criança queria vencer Wimbledon e ser número um mundial»

Por Miguel Silva - Dezembro 2, 2019
roger-federer

Roger Federer aproveitou o final da época para falar um pouco acerca da sua carreira e das perspetivas que tinha para a mesma quando era criança.

«Lembro-me que, quando era criança, já queria ser tenista, queria ser o número um do mundo e também queria vencer o torneio de Wimbledon… Sonhámos alto, mas nunca sabemos o que vai acontecer. Os momentos que eu passo com crianças são importantes para as inspirar e motivar», disse Federer.

O campeoníssimo suíço aproveitou ainda a ocasião para deixar conselhos aos mais jovens:

«Oiçam os vossos pais. Eu tenho quatro filhos e, por vezes, eu gostava que eles me ouvissem mais. A minha sugestão é que os mais jovens oiçam os seus pais e respetivos treinadores. Sonhem alto e trabalhem muito porque vai haver sempre bons e maus momentos (…) Nunca parem de lutar».

Roger Federer foi ainda questionado sobre como gostaria de ser lembrado no futuro e a resposta foi interessante:

«(Gostava de ser lembrado) como um tenista que fez o ténis ser mais popular. O jogo limpo é algo muito importante para mim, devemos manter os valores e a integridade no desporto. No final, isto tem tudo a ver com o entretenimento, as pessoas pagam para nos ver jogar, e queremos sempre que elas fiquem felizes. Se não te aplicares a 100% é uma falta de respeito para os fãs». 

 

 

Miguel Silva