Federer: «Não estou a treinar nem tenho saudades do ténis»

Por José Morgado - Maio 23, 2020
federer

Roger Federer, de 38 anos, está sem competir desde as meias-finais do Australian Open. Foi operado ao joelho direito, não competiu no mês de fevereiro e viu o circuito ser entretanto suspenso pela pandemia. Agora que está autorizado a voltar aos treinos, o helvético, número quatro ATP, prefere não fazê-lo uma vez que não vê razão para isso.

Em declarações a um programa da ‘Sportv Brasil’, antecipadas pelo ‘Globoesporte’, Federer revelou como tem sido o seu período de quarentena em casa com os seus quatro filhos na Basileia, na Suíça. “Nunca tínhamos ficado em casa mais do que cinco semanas seguidas desde minha última cirurgia, em 2016. Este é um ótimo momento para nós nesse aspeto, como família. Claro que às vezes deixamos uns aos outros malucos, como qualquer famíli. Mas, honestamente, estamos saudáveis, os nossos amigos e família não tiveram o coronavírus e isso é o que realmente importa. Estamos bem, tendo em conta as circunstâncias.”

Federer surpreendeu ao assegurar que ainda não treinou desde o fim da quarentena na Suíça. “Eu não estou a treinar neste momento porque não vejo uma razão para isso, honestamente. Estou feliz com o meu corpo nesta altura e acredito que ainda falta muito tempo para voltarmos a jogar. E acho que é importante para a minha cabeça neste momento aproveitar esta paragem depois de jogar tanto ténis na minha vida. Eu não tenho saudades do ténis neste momento. Vou ter, eventualmente, quando estiver próximo de voltar e tiver um objetivo pelo qual treinar. Eu vou estar super, super motivado”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.