Dos 500 aos 1000: a maldição de Tsitsipas que teima não acabar

Por Bola Amarela - Março 21, 2021

Quando Stefanos Tsitsipas chega a uma final, a história tem mostrado que é 8 ou 80. De facto, o grego voltou a não conseguir ser feliz num grande torneio, desta feita ao cair no duelo decisivo do ATP 500 de Acapulco, diante de Alexander Zverev. O alemão até disse ao grego que este vai vencer torneios bem maiores, mas a verdade é que Tsitsipas somou a sétima derrota em finais, todas de torneios 500 ou Masters 1000.

Em 2018, Stefanos caiu nas decisões de Barcelona (500) e Toronto (1000), ao passo que cedeu, em 2019, nos torneios de Dubai (500), Madrid (1000) e Pequim (500). Já em 2020, perdeu no Dubai (500) e em Hamburgo (500), sendo que agora fica à porta do troféu em Acapulco (500).

Quanto à questão do 8 ou 80, é fácil explicar. É que Tsitsipas venceu quatro títulos em torneios ATP 250 (Marselha por duas vezes, Estocolmo e Estoril) e… as ATP Finals.

Bola Amarela