Djokovic supera Tsitsipas e conquista Madrid pela terceira vez

Por José Morgado - Maio 12, 2019
djokovic-madrid-open
Tennis – ATP 1000 – Madrid Open – The Caja Magica, Madrid, Spain – May 9, 2019 Serbia’s Novak Djokovic celebrates winning his third round match against France’s Jeremy Chardy REUTERS/Susana Vera – RC1702245C70

MADRID. ESPANHA. Novak Djokovic, número um Mundial, sagrou-se este domingo campeão do ATP Masters 1000 de Madrid, em Espanha, pela terceira vez na carreira, juntando este título aos de 2011 e 2016. O sérvio de 31 anos iguala o número de Masters 1000 de Rafael Nadal e passa a dividir o recorde de troféus desta categoria com o espanhol, que ganhou o seu último em Toronto, no ano passado.

Numa final em que fez a sua melhor exibição da semana, Djokovic jogou de forma perfeita para derrotar o grego Stefanos Tsitsipas, de 20 anos, nono do ranking ATP, por 6-3 e 6-4, em 1h30, num encontro em que não enfrentou qualquer ponto de break e tremeu somente quando serviu para fechar, necessitando de quatro match points para fechar o encontro.

Djokovic torna-se no quinto tenista a ganhar mais do que um título em 2019, depois de ter vencido o Australian Open. Só Roger Federer (Dubai e Miami), Dominic Thiem (Indian Wells e Barcelona), Stefanos Tsitsipas (Estoril e Marselha) e Christian Garín (Houston e Munique) também têm dois. O grego poderia ter-se tornado no primeiro a vencer um terceiro.

Em termos de rankings, algumas mexidas. Djokovic segue líder, mas Tsitsipas sobe de nono para sétimo, a sua melhor classificação de sempre na hierarquia ATP.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.