Djokovic resiste rumo à final de Cincinnati e está a uma vitória de feito inédito

Por José Morgado - 18 Agosto, 2018

Novak Djokovic, ex-número um mundial, garantiu este sábado a qualificação para a final do ATP Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, o único torneio desta categoria que nunca conseguiu vencer. O sérvio de 31 anos está assim a uma vitória do inédito feito de se tornar no primeiro jogador da história a completar o Career Golden Masters, ou seja, de ganhar todos os eventos da máxima cotação do ATP.

Nas meias-finais de hoje, Djokovic voltou a não brilhar demasiado — um pouco na linha do que fez toda a semana — mas venceu um quarto encontro seguido em três sets para superar Marin Cilic, número sete mundial e que ia numa série de 9 vitórias seguidas no Ohio, por 6-4, 3-6 e 6-3, em mais de duas horas de batalha.

Djokovic espera agora pelo vencedor da segunda meia-final, que opõe Roger Federer e a David Goffin. Djokovic e Federer não joga desde a final das Finals de Londres em… 2015.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.