Djokovic proporciona momento memorável a apanha-bolas

Por Susana Costa - 28 Janeiro, 2019

Tantas vezes protagonistas de momentos azarados, que acabam inevitavelmente por ir parar à secção dos apanhados do Youtube, os apanha-bolas nem sempre se podem queixar da sua agitada e frenética vida dentro de campo. Principalmente se tiverem a sorte de cair (figuradamente) no mesmo court do sempre imprevisível Novak Djokovic.

Depois da conquista do sétimo título no Open da Austrália, neste domingo, o número um mundial passeou-se com Taça Norman Brookes Challenge (e os 4,1 milhões de dólares) pela Rod Laver Arena, levando a cabo a habitual sessão de fotografias. Entre flashes, sorrisos e acenos, num dia em que puxou os holofotes para si e para o seu histórico triunfo em Melbourne, o sérvio de 31 anos desceu do pedestal a que merecidamente subiu para proporcionar a um dos apanha-bolas a experiência de uma vida.

Juntos à palavra “Melbourne”, devidamente posicionados para o retrato de família, Djokovic convidou o o apanha-bolas que estava ao seu lado para tocar e pegar num dos mais desejados troféus do mundo:

O chamado gesto de campeão, ao qual juntou mais uns quantos, à medida que foi percorrendo as imediações do court.

Susana Costa
Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tal que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo e um Secundário dignamente enriquecido com caderno cujas capas ostentavam recortes de jornais do Lleyton Hewitt. Entretanto, ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.