Djokovic não treme a caminho dos ‘quartos’ pela 13.ª vez no US Open

Por José Morgado - Setembro 4, 2023

Novak Djokovic, campeão de 23 títulos de Grand Slam e com o regresso à liderança do ranking confirmado para o dia 11 de setembro, garantiu este domingo ao final da noite a qualificação para os quartos-de-final do US Open pela 13.ª vez na sua carreira. O sérvio de 36 anos, que em 2022 não competiu nesta prova, está pela 57.ª vez nos ‘quartos’ de um Major, apenas a um do recorde de Roger Federer (58).

Nos oitavos-de-final do torneio, jogados de novo debaixo dos holofotes da sessão noturna do Arthur Ashe Stadium, Djokovic, ainda número dois do Mundo, impôs-se com naturalidade diante do croata Borna Gojo, 105.º ATP, por 6-2, 7-5 e 6-4, num encontro de 2h30 muito interessante, que foi bastante equilibrado apesar de nunca ter estado em causa o nome do vencedor.

Djokovic marca encontro nos quartos-de-final diante de Taylor Fritz, número um do casa e nono ATP. O sérvio venceu os sete encontros anteriores diante de Fritz.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt