Djokovic explica lágrimas em Wimbledon: «Lembrei-me de todos os momentos maus»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 12, 2022

Novak Djokovic viveu mais um momento muito especial em Wimbledon. O sérvio conquistou o seu sétimo título da carreira no All England Club, chegando aos 21 em torneios do Grand Slam, para ficar a apenas um de Rafael Nadal. Mas este troféu teve ainda mais carga por tudo o que aconteceu nos últimos tempos a Nole, que não conseguiu evitar as lágrimas após a vitória contra Nick Kyrgios.

“Ganhar este troféu depois de tudo o que se passou na Austrália… Lembrei-me de todos os meus momentos maus. Quando me sentei na cadeira só senti um alívio enorme porque emocionalmente estive ansioso de forma constante, como nunca antes na minha vida. Não só pelo que se passou na Austrália, mas por tudo o que se seguiu, com muitos comentários negativos e provocações. É algo que nunca tinha enfrentado e que não soube enfrentar”, confessou ao Sport Klub.

A reforçar esse sentimento, Djokovic abriu o coração. “Quero sempre fazer coisas que me mantenham calmo, com os pés no chão, mas no fim de contas sou um ser humano. Houve insultos muito feios, a imprensa recordava-me constantemente o que tinha passado e foi algo que me afetou. Mas estou feliz de poder afirmar que estou há um tempo sem essa carga emocional, ainda para mais depois desta vitória. Sinto-me aliviado”, acrescentou.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.