Dimitrov é o tenista com pior ranking nas meias-finais do US Open desde 1991

Por Nuno Chaves - Setembro 4, 2019

Grigor Dimitrov protagonizou a surpresa da jornada de terça-feira ao eliminar Roger Federer dos quartos de final do US Open, naquela que foi a primeira vitória da carreira do búlgaro frente ao suíço.

O antigo top 3 mundial, que até chegar ao último Major do ano vinha a passar por uma das fases mais difíceis da carreira, reencontrou em Flushing Meadows o melhor nível e, com esta passagem para as meias-finais, alcançou um registo que não acontecia… há muito.

É que Dimitrov, que chegou a Nova Iorque na 78.º posição, tornou-se no jogador com pior ranking a chegar ao top 4 do US Open desde… Jimmy Connors em 1991.

Um registo que prova a enorme caminhada do tenista de 28 anos no Grand Slam norte-americano mas certo é que na próxima atualização já vai dar um salto… de gigante: Dimitrov vai subir, pelo menos, até ao 25.º lugar, ou seja, vai subir 53 lugares. Caso se qualifique para a final, a subida vai ser ainda mais inclinada.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.