Del Potro confirma retirada em lágrimas: «Foi o meu último encontro diante da minha gente»

Por José Morgado - Fevereiro 9, 2022

Juan Martín Del Potro confirmou esta terça-feira, minutos depois de perder na primeira ronda do ATP 250 de Buenos Aires, que o encontro diante de Federico Delbonis foi o último da sua carreira. O argentino de 33 anos, que jogou na capital do seu país o seu primeiro encontro desde junho de 2019, ainda tinha prevista a sua participação no Rio Open, na próxima semana, mas tal não vai acontecer.

“Vou lembrar-me deste momento para sempre. Cumpri todos os meus sonhos. O amor das pessoas é o meu maior troféu. Este foi o meu último encontro e estou contente por tê-lo jogado diante da minha gente. Tinha planeado jogar no Rio de Janeiro, mas hoje dei tudo o que sobrava. Tenho de pensar numa solução para a minha vida. Para viver sem dores. Preciso do meu joelho para poder viver sem dores. E isso vai além do ténis”, assumiu, em lágrimas, ainda em court, ideia que reforçou depois em conferência de imprensa.

Del Potro fez os possíveis ao longo dos últimos anos para voltar a competir, mas avisou em conferência de imprensa antes deste torneio que esta seria mais uma despedida do que um regresso, coisa que acabou por se confirmar. “Nem toda a gente vive isto. Poder retirar-se em campo, no seu país. Sinto-me sortudo por tê-lo vivido”, assumiu Del Potro, que deixou a sua fita do cabelo pendurada na rede após o final do encontro.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.