David Ferrer: «Sempre dei tudo o que tinha para vencer um Grand Slam»

Por Tiago Ferraz - Março 5, 2020
david-ferrer

O antigo tenista espanhol David Ferrer deu uma entrevista recente ao Tennis World na qual falou dos Big Four e do quão importantes foram Novak Djokovic, Roger Federer, Rafael Nadal e Andy Murray na sua evolução como tenista:

«Foi na altura em que tinha de ser, enfrentei-a, aceitei (o facto de coincidir com estes tenistas) e eles fizeram com que eu fosse um tenista melhor e que exigisse mais de mim», disse o antigo top três mundial.

David Ferrer abordou ainda o facto de ter lutado muito para vencer um ‘major’ algo que acabou por não se concretizar:

«O que tenho mais orgulho é de saber que eu dei tudo o que tinha, tentei e se não consegui um Grand Slam ou ser número um mundial é porque não era para ser», revelou, citado pelo Bola Amarilla.

David Ferrer terminou a carreira no último ano e é agora diretor do ATP 500 de Barcelona.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.