Cuevas e o ponto brutal: «Quando faço pancadas dessas é mau sinal…»

Por José Morgado - Maio 6, 2019
Pablo-Cuevas

Pablo Cuevas terminou a semana no Millennium Estoril Open como vice-campeão, depois de perder com Stefanos Tsitsipas na final, mas foi dele o melhor ponto da semana e… um dos melhores da temporada. Confrontado sobre aquele momento de magia, Cuevas diz que até não é bom sinal quando começa a ter momentos daqueles.

“Sinceramente, quando começo a fazer ‘shots’ daqueles é mau sinal. Significa que a minha cabeça não está dentro do encontro e que começo a improvisar”, admitiu o uruguaio de 33 anos, antes de garantir que o ponto fabuloso nem sequer serve de vitória moral. “Queria era ter vencido o encontro…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.