Covid-19: Fed Cup e Davis Cup Finals adiadas para 2021

Por Tiago Ferraz - Junho 26, 2020
espanha-taça-davis
Foto: Kosmos Tennis

A pandemia de coronavírus tem assolado o mundo inteiro e o ténis não é exceção. Com efeito, nas últimas horas, ficamos a saber que as Fed Cup Finals  e a Davis Cup finals foram adiadas para 2021.

A Federação Internacional de Ténis anunciou a decisão e a Fed Cup que deveria ter sido jogada em abril vai jogar-se, desta vez, de 13 a 18 de abril, mas de 2021.

A prova vai disputar-se indoor em Budapeste na Hungria. Quanto aos play-offs da Fed Cup de 2020, vão jogar-se em fevereiro de 2021 sendo que o formato atual da prova regressa em 2022.

O presidente da ITF já reagiu: “No início deste ano tomamos uma decisão difícil, mas necessária ao adiar a primeira edição do novo formato da Fed Cup em Budapeste devido à Pandemia de Covid-19. Lamentamos que as finais não possam jogar-se este ano, mas estamos convictos de que seremos capazes de fazer um grande evento em Budapeste em abril de 2021”, disse.

Já as Davis Cup Finals vão ser jogadas em Madrid, mas só em novembro de 2021: arrancam a 22 de novembro do próximo ano.

O presidente da Kosmos, Gerard Pique, já reagiu ao sucedido e lamenta que as Davis Cup Finals tenham sido adiadas: “É um grande desgosto para todos nós que as Davis Cup Finals não se joguem em 2020. Nós não sabemos como é que a situação vai evoluir em cada um dos países apurados ou se as restrições em Espanha (local da final da prova) vão manter-se assim e, nesse sentido, é impossível prever como vai estar a situação em novembro e garantir a segurança de todos os que viajam até Madrid. A  ITF e a Kosmos estão à procura de dar um grande espetáculo em 2021 quando a segurança for uma realidade”, disse.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.