Corretja: «Nadal deu primazia a Roland Garros porque tem mais garantias de vencer»

Por Tiago Ferraz - Agosto 28, 2020
rafa-nadal

Alex Corretja deu uma entrevista ao jornal espanhol Marca onde falou do US Open e do facto de Rafael Nadal não jogar o US Open para se preparar para Roland Garros.

“Entendo a decisão do Nadal (de desistir do US Open). Eu não falei com ele, mas certamente que ele deu primazia ao local que lhe dá mais garantias de voltar a vencer um major (Roland Garros). Se ele continuar a preparar-se penso que chegará a Paris muito bem preparado. Depois de seis meses sem competir não é fácil jogar cinco sets em piso rápido. Para mim, a decisão do Nadal é a correta. Se houvesse um espaço de tempo maior entre os dois Grand Slams eu tenho a certeza de que ele iria aos dois torneios”, disse.

Corretja fala ainda da margem de conforto que Nadal acaba por ter por não perder os pontos do ano passado:

“Ele sabia que se não jogasse o US Open ia manter os 2000 pontos de campeão do ano passado. É certo que perde a hipótese de vencer mais um Grand Slam, mas ninguém te pode assegurar que ele ia ganhar e é claro que havia o risco de existir alguma lesão”, salientou.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.