Carreño e o reencontro com Djokovic: «O que aconteceu em Nova Iorque não se vai repetir»

Por Bola Amarela - Outubro 5, 2020
carreno-busta

Pablo Carreño Busta, de 29 anos, é o único tenista em 2020 com uma vitória sobre Novak Djokovic, ainda que por desqualificação, nos oitavos-de-final do US Open, há um mês. O espanhol vai reencontrar o sérvio de 33 anos nos quartos-de-final desta quarta-feira, em Roland Garros, e acredita que aquilo que se passou em Nova Iorque não terá importância nenhuma.

“É um novo encontro contra o número um do Mundo. Já sabemos aquilo que se passou em Nova Iorque. Foi um grande azar e não se voltará a repetir. Nunca mais voltámos a falar sobre isso. O Novak é um ótimo tipo, mas não está imune a enervar-se e que este tipo de coisas que lhe aconteçam. Às vezes mais vale não voltar a falar deste tipo de assuntos”, admitiu o espanhol, atual número 18 do ranking ATP.

Carreño considera que terá as suas chances. “Vou lutar bastante e procurar aproveitar as minhas oportunidades. Acredito que vou tê-las e terei de ser agressivo”.

Bola Amarela