Carlos Ramos fechou-se no hotel após a final do US Open mas não conseguiu ‘fugir’ ao incidente

Por José Morgado - 12 Setembro, 2018

Os dias seguintes à final feminina do US Open não têm sido fáceis para o árbitro português Carlos Ramos. Segundo o jornal L’Equipe, que falou com fonte próxima do juiz luso, Ramos fechou-se no seu hotel em Manhattan depois do sucedido, para evitar qualquer tipo de problemas, mas não conseguiu ‘fugir’ ao assunto do momento, que foi passando em todas as televisões ao longo do dia.

O ‘L’Equipe’ conta ainda que Ramos recusou dezenas de pedidos de entrevistas, uma vez que os árbitros não podem falar, e que tentou ao máximo evitar as redes sociais, lendo apenas aquilo que alguns amigos lhe enviaram, nomeadamente mensagens de apoio.

Recorde-se que Carlos Ramos vive há duas décadas em Lyon, onde tem uma mulher e dois filhos.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.