Campeã do Australian Open e Serena Williams perdem e deixam eliminatória com Letónia ao rubro

Por Nuno Chaves - Fevereiro 9, 2020

Depois de um primeiro dia dominado pelos Estados Unidos da América, a Letónia não deitou a toalha ao chão, numa eliminatória que vale um lugar nas Fed Cup Finals.

Obrigada a vencer para manter de pé a esperança em seguir para a fase final, Jelena Ostapenko reencontrou algum do seu melhor ténis e derrotou a recém campeã do Australian Open, Sofia Kenin, com os parciais de 6-3, 2-6 e 6-2, após sensivelmente duas horas de jogo.

Ora, esta vitória deixava os EUA a vencer por 2-1 e Serena Williams, a grande referência da seleção norte-americana, tinha a possiblidade de fechar a eliminatória. Ainda assim… isso não aconteceu.

A atual número nove mundial perdeu para Anastasija Sevastova, numa intensa batalha, com os parciais de 7-6(5), 3-6 e 7-6(4), ao cabo de 2h30 minutos de jogo.

A eliminatória vai ficar decidida nos pares. Bethanie Mattek-SandsAlison Riske, no lado norte-americano, e Ostapenko e Sevastova, no lado letão, são as eleitas para este duelo de decisões: quem vencer coloca a respetiva seleção no elenco para a primeira Fed Cup Finals de sempre.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.