Bouchard lembra Sharapova após bater Yastremska: «Há algo sobre defrontar dopadas em Madrid»

Por José Morgado - Abril 27, 2023
bouchard-sharapova

MADRID. ESPANHA. Há seis anos, Eugenie Bouchard viveu um dos momentos mais especiais da sua carreira no WTA 1000 de Madrid. A canadiana, então ainda bem integrada no top 100 do ranking mundial, derrotou na altura a russa Maria Sharapova, que jogava na capital espanhola o seu segundo encontro após ter sido suspensa por doping, a caminho dos quartos-de-final do torneio. Tão famoso quanto o encontro foi a conferência de imprensa, onde Bouchard revelou ter recebido “forte apoio de muitas colegas no balneário” no sentido de derrotar a russa.

Agora, em 2023, Bouchard voltou a defrontar uma jogadora anteriormente suspensa por doping: Dayana Yastremska, que foi derrotada pela canadiana por 6-7(6), 6-2 e 6-2 a caminho da segunda ronda, onde defrontará a italiana Martina Trevisan.

Bouchard continua em grande e avança para a segunda ronda em Madrid

Bouchard não deixou escapar o acontecimento nas redes sociais, com um tweet polémico. “Há algo sobre defrontar dopadas em Madrid”, disparou.

https://twitter.com/geniebouchard/status/1651621303546429442

  • Categorias:
  • WTA
Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt