Berrettini sairá do top 20 mesmo que ganhe todos os torneios de relva

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 9, 2022
berrettini-iww

O ranking ATP continua sem ser totalmente fiel ao que aconteceu nas 52 semanas anteriores, pelo que há casos no mínimo estranhos que se continuam a verificar. Como se esse simples facto de a classificação ainda estar condicionada, Matteo Berrettini vai sofrer também com a decisão que o ATP Tour tomou de não atribuir pontos em Wimbledon, onde é o vice-campeão em título.

Pois bem, o italiano, atualmente no 10.º lugar do ranking depois de quase três meses sem jogar devido a lesão, não vai conseguir evitar a saída do top 20 depois de Wimbledon… nem mesmo que ganhe TODOS os torneios que disputar em relva. Parece inacreditável, mas nós explicamos.

A 13 de junho, na próxima segunda-feira, vão cair 360 pontos dos ‘quartos’ de Roland Garros e ainda 125 do título de Estugarda em 2019. Ou seja, já vai ficar a perder mesmo que ganhe o título e os respetivos 250 pontos em Estugarda, onde se encontra a competir. Na semana seguinte, saltam 500 do título em Queen’s e 90 das ‘meias’ de Halle em 2019. Mais uma vez, o máximo que pode fazer é defender 500 pontos. Pior do que tudo isto são os 1200 pontos da final de Wimbledon que não poderá recuperar de forma alguma.

Contas feitas, vai perder 2.275 pontos, o que faz com saia do top 20, aconteça o que acontecer…

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.