Bautista Agut salva três match points e avança com reviravolta sensacional frente a Schwartzman

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 12, 2021
bautista-agut

Tudo parecia perdido, mas Roberto Bautista Agut foi bem fundo para encontrar forças e inventar uma forma de deitar por terra os esforços de Diego Schwartzman. Numa batalha incrível, o 17.º classificado do ranking ATP teve mais sangue frio a correr nas veias para salvar três match points e anular uma desvantagem pesada no terceiro set, antes de fugir com o encontro para garantir o apuramento para os quartos-de-final do Masters 1000 de Toronto.

Ao cabo de 2h47, Bautista Agut festejou com os parciais 6-3, 3-6 e 7-5, com o terceiro set a escrever toda a história louca do encontro. O argentino agarrou uma vantagem de 3-1, permitiu a igualdade e voltou a fugir para comandar por 5-3, numa altura em que parecia não haver grande volta a dar. Ainda menos dava essa ideia quando Schwartzman serviu a 5-4 e teve três match points, sem conseguir aproveitar nenhum deles. Bautista quebrou à primeira ocasião mas ainda teve de salvar um break point no jogo seguinte, antes de pressionar o serviço de El Peque a 6-5. O sul-americano liderou por 40-15, mas acabou mesmo por sucumbir.

Com uma vitória moralizadora no bolso, Bautista-Agut, que entrou em Toronto numa série de três derrotas, prepara-se agora para um desafio totalmente distinto. É que vai defrontar o norte-americano Reilly Opelka, gigante que também salvou um match point para seguir em frente. Opelka bateu o sul-africano Lloyd Harris por 4-6, 7-6(6) e 7-6(4), com a tal ocasião de Harris a surgir no tie-break da segunda partida. Certo é que Opelka jogou melhor nos pontos cruciais e avançou à boleia de 21 ases.

Pedro Gonçalo Pinto