Bautista Agut elogia o Big 3 e garante: «Tenho ténis para estar entre os melhores»

Por Nuno Chaves - Julho 24, 2019
Tennis – Shanghai Masters – Shanghai, China – October 11, 2018 – Roberto Bautista Agut of Spain in action against Roger Federer of Switzerland. REUTERS/Aly Song – RC180AE9B720

Roberto Bautista Agut foi uma das principais revelações no passado torneio de Wimbledon. O espanhol chegou às meias-finais – perdeu apenas para Novak Djokovic – e mostrou um nível de jogo de excelência.

Bautista Agut vive um momento de enorme confiança, tal como mostrou ao site Las Provincias“Não sei se tenho ténis para ganhar um Grand Slam mas sei que tenho para estar entre os melhores. Desde que entrei no circuito não parei de melhorar e essa continua a ser a minha intenção. Não creio que tenha visto a minha melhor versão porque acho que ainda posso melhorar”, referiu o tenista de 31 anos.

O top 10 mundial também falou nas dificulades de enfrentar o Big 3. “Djokovic, Federer ou Nadal são outro tipo de adversários em Grand Slams. Noutros torneios existem mais possibilidades de igualares ou de venceres”, expressou.

“Num Grand Slam jogam muito porque eles enfocam as temporadas nesses torneios. Com cinco sets têm mais tempo de reação e de usarem as suas armas”, elogiou.

“Djokovic, Federer o Nadal son otro tipo de rivales cuando llegas a un Grand Slam. Si te los encuentras en otros torneos, existen más posibilidades de igualares el torneo o de ganarles. En los Grand Slam se juegan mucho porque ellos enfocan sus temporadas a esos torneos. A cinco sets tienen más tiempo de reacción y de sacar sus armas”, resume.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.