Azarenka na luta para superar registo inacreditável que se mantém desde… a década de 40

Por Nuno Chaves - Janeiro 24, 2023

Quando todos pensavam já não ser possível, Victoria Azarenka está a provar o contrário e regressou às meias-finais do Australian Open, algo que não acontecia desde 2013, ano em que conquistou o título.

A bielorrussa, que já tem carimbada a subida até ao 16.º lugar – começou o torneio no 25.º, continua, por isso, há procura do terceiro Grand Slam da carreira e, a conseguir, iria entrar para a história do ténis feminino.

É que o último Major de Vika foi, precisamente, em 2013, ou seja, iria voltar a vencer um 10 anos depois e, para encontrarmos um intervalo tão grande de uma mulher a vencer um Grand Slam temos de recuar até… aos anos 40.

Na altura, Nacye Wynne Bolton tinha ganho o seu último Grand Slam em 1940 e só voltaria a vencer outro em 1946. Um dado impressionante.

Ex-campeã Azarenka arrasa Pegula e volta às ‘meias’ na Austrália 10 anos depois

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.