AO: Cilic verga Bautista-Agut em 4h10 e segue com Fucsovics e Sandgren para os ‘oitavos’

Por Tiago Ferraz - Janeiro 24, 2020
Cilic
Tennis – Australian Open – First Round – Margaret Court Arena, Melbourne, Australia, January 14, 2019. Croatia’s Marin Cilic reacts during the match against Australia’s Bernard Tomic. REUTERS/Aly Song – UP1EF1E0UKGU4

O tenista croata Marin Cilic parece estar a tentar regressar ao seu melhor e deu mais uma prova disso ao ultrapassar, esta sexta-feira, o espanhol Roberto Bautista Agut em cinco sets por 6-7(3), 6-4, 6-0, 5-7, 6-3 e está nos oitavos de final do Australian Open.

O primeiro set foi muito equilibrado e no final dos 12 jogos complementares o resultado era um reflexo disso mesmo (6-6). O parcial segiu para um tiebreak e, nessa altura, Bautista Agut foi mais forte e venceu por 7-6(3).

No segundo set o croata Marin Cilic foi superior e, apesar do set ter sido muito bem disputado, o croata segurou o seu serviço e com um break no nono jogo (5-4) teve serviço na mão e fez o 6-4 com que venceu o segundo set.

O terceiro set foi um autêntico arraso do croata que fez três breaks consecutivos, nos primeiro, terceiro e quinto jogos e fechou o set com jogo em branco e um resultado de 6-0.

No quarto set, Bautista-Agut ainda reagiu e, apesar de ter começado mal (0-1), deu a volta ao texto e com duas quebras de serviço conseguiu vencer o quarto set (7-5).

No set decisivo Marin Cilic encontrou a regularidade no serviço, venceu todos os jogos e confirmou a vitória no encontro com dois breaks, nos primeiro e nono jogos (6-3).

Marton Fucsovics também está nos oitavos de final depois de ultrapassar Tommy Paul por 6-1, 6-1 e 6-4. O primeiro set começou com superioridade para Fucsovics que fez o break no primeiro jogo e serviu para ficar a vencer por 2-0.

O set ficou definido com mais duas quebras de serviço nos quinto e sétimo jogos que foram suficientes para Fucsovics vencer o primeiro set por 6-1.

No segundo set Fucsovics dominou, venceu todos os jogos de serviço e conquistou o parcial com naturalidade, por 6-1, depois de chegar ao break nos segundo e sexto jogos.

Na terceira e decisiva partida Fucsovics manteve-se na frente, chegou a salvar dois pontos de break no segundo jogo, fez o único break no quinto jogo e geriu as operações que o levaram a conquistar um lugar nos oitavos de final (6-4).

Tennys Sandgren foi outro tenista a seguir em frente depois de vencer, de forma um pouco surpreendente, Sam Querrey por 6-4, 6-4 e 6-4 ele que já havia eliminado Matteo Berrettini na última ronda.

O primeiro set foi de ascendente claro de Sandgren que esteve imperioso nos jogos de serviço, não sofreu qualquer break, e venceu o set inicial com um break no sétimo jogo. (6-4).

Na segunda partida mais do mesmo. O set até começou equilibrado com ambos os tenistas a venceram os primeiros dois jogos de serviço (2-2), mas depois disso Sam Querrey perdeu o jogo de serviço em branco e Sandgren geriu o parcial e venceu o set por 6-4.

Na terceira partida os dois jogadores estiveres irregulares na pancada de serviço e o resultado ficou empatado (4-4) no oitavo jogo já com dois breaks para cada lado.

O encontro ficou decidido no jogo seguinte quando Sandgren fez novo break e serviu, de seguida, para confirmar um lugar nos oitavos de final.

Já sabe que pode seguir todos os jogos da 108.º edição do Australian Open através da bet.pt!

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.