Anisimova nas nuvens após bater Osaka: «É uma pena que não dê para ganharmos as duas»

Por Bola Amarela - Janeiro 21, 2022

Alguém belisque Amanda Anisimova. A jovem norte-americana brilhou em larga escala na terceira ronda do Australian Open, ao levar a melhor diante de Naomi Osaka com uma exibição sensacional. A tenista de 20 anos não escondeu a emoção pelo triunfo especial que alcançou, mas deixou palavras muito bonitas para a adversária derrotada.

“Estou extremamente feliz, foi um encontro incrível. Estava nervosa por enfrentar a Naomi pela primeira vez. Fico muito contente pela vitória. É uma pena que não dê para ganharmos as duas, estes encontros são duríssimos. Ela é realmente inspiradora e o que fez nestes dois últimos anos é incrível, mostra como é autêntica”destacou.

Segue-se um tal… Ashleigh Barty, a número um do mundo e uma tenista que bateu Anisimova quando a jovem esteve nas meias-finais de Roland Garros em 2019, antes de passar por momentos complicados com lesões e devido à Covid-19. “Ashleigh é uma jogadora espetacular, admiro-a muito. O seu jogo encanta-me, é muito constante, uma campeã. Vai ser emocionante defrontá-la, outra oportunidade incrível para mim. Vou voltar aos treinos já para trabalhar no meu jogo e ter a melhor oportunidade para vencer”, sentenciou.

Anisimova salva dois match points em batalha fantástica e atira Osaka para fora do top 80

Bola Amarela