Anisimova lembra falecido pai após derrota: «Queria tanto dedicar-lhe a vitória…»

Por Bola Amarela - Setembro 3, 2021

Amanda Anisimova, de apenas 20 anos, tem passado por muito nos últimos anos. Entre lesões e o falecimento do seu pai, mesmo antes do US Open 2019, a carreira da jovem tem sofrido vários entraves, mas esta quinta-feira ao final da noite esteve muito perto de voltar às grandes vitórias, quando perdeu diante da checa Karolina Pliskova, número quatro mundial, após ter tido match point para vencer um fabuloso encontro de segunda ronda.

No final, a jovem norte-americana agradeceu nas redes sociais… e lembrou o seu pai. “Obrigado Nova Iorque. Foram um público inesquecível. Queria muito ganhar pelo meu pai hoje…”, desabafou a norte-americana.

Pliskova vence melhor encontro do torneio rumo à terceira ronda do US Open

Bola Amarela