Alcaraz não se esconde: «Roland Garros é objetivo claro»

Por José Morgado - Abril 23, 2023
alcaraz-campeao

Carlos Alcaraz, campeão do ATP 500 de Barcelona pela segundo ano consecutivo, não se esconde: um dos seus objetivos a curto prazo… é vencer Roland Garros. O espanhol de 19 anos fala numa semana de sonho da Catalunha e já está de olhos postos em Madrid.

ELOGIOS A TSITSIPAS NA CERIMÓNIA

Parabéns ao Stef, não só por esta semana, mas por todo o trabalho fantástico que tem feito com a equipa. Jogar contra ti é fantástico. Tenho de jogar o meu melhor para te derrotar. Cada encontro que jogámos joguei a 100 por cento, é isso que me fazes. Obrigado por tudo o que estás a fazer pelo ténis também. Vamos partilhar grandes torneios e espero disputar muitas finais contigo.

AGRADECIMENTOS À EQUIPA E FAMÍLIA

Sobre a minha equipa, é uma maravilha tê-los comigo. Sempre disse que tenho a melhor equipa, cada dia todos os juntos. Vejo mais o Juan Carlos do que o meu pai! É incrível trabalhar contigo, aprender contigo todos estes anos. Não há palavras suficientes para agradecer o que fizeste por ti. Foste número um, estiveste no mais alto e baixaste aos juniores e aos Challengers para me fazer melhor. Só tenho palavras de agradecimento para ti e para todos os que me acompanham. Tudo o que posso dizer é obrigado pelo trabalho e por fazerem de mim a pessoa que sou hoje em dia. Não esqueço a minha família. Está ali o meu irmão, ,os meus pais, veio muita gente de Murcia. Sinto-me muito feliz por viver estes momentos com as pessoas mais próximas de mim.

Alcaraz deslumbra contra Tsitsipas e defende título em Barcelona

‘GANAS’ DE GANHAR AINDA MAIS

Sou muito ambicioso e nunca estou contente com aquilo que tenho. O meu foco é trabalhar todos os dias para me dar mim mesmo a chance de ganhar encontros e torneios. Para mim as finais não são para jogar, são para ganhar e deixou-me muito contente ter entrado com a atitude de intensidade certas hoje.

VEM AÍ MADRID

Quero ganhar todos os torneios independentemente de defender ou não o título. Não ganhar Madrid não seria um fracasso para mim. Vou ter de manter o nível porque todos os jogadores são muito bons.

OBJETIVO… ROLAND GARROS

Ainda falta algum tempo para Roland Garros e muita coisa ainda se pode passar nestes torneios, mas claro que Roland Garros é um objetivo a curto prazo. É um torneio onde quero muito vencer, mas para já o foco está em Madrid e Roma.

COMPARAÇÕES COM NADAL

Não quero ser o substituto de ninguém. Cada um tem e constrói a sua história. Estou muito contente com a forma como ganhei nestes dois anos em que o Rafa não pôde jogar este torneio, mas não faz sentido falar em substituto e em passagem de testemunho. O Rafa ainda joga e oxalá possamos desfrutar dele muito mais tempo.

 

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt