Alcaraz continua a encantar: «Tento não fazer um caso das expetativas»

Por Nuno Chaves - Abril 8, 2021
Foto: Andalucia Open

Carloz Alcaraz venceu um autêntico duelo de gerações do ténis espanhol e logo num encontro de alto nível frente a Feliciano Lopez, nos oitavos de final do ATP 250 de Marbella.

A irreverência do prodígio de 17 anos impôs-se à experiência do veterano de 39, naquele que foi um jogo que comprovou, uma vez mais, todo o talento de Alcaraz.

Ainda assim, o menino sensaçãode Espanha continua com os pés assentes no chão. “Tento não fazer um caso das expetativas. É certo que há coisas que não podes evitar como falarem de ti ou terem os olhos apontados para ti. Isso não posso evitar, mas tento não fazer um caso, só quero continuar a treinar e a ser como sou”, admitiu aos jornalistas.

“Tenho claro que não quero mudar, tenho de estar rodeado das pessoas que estão comigo desde pequeno. Quero continuar o meu caminho, continuar a melhorar e continuar a desfrutar deste caminho”, confessou.

E se alguém achava que jogar em casa seria uma pressão extra… Alcaraz demonstrou o contrário. “Jogar em casa ajuda-me a crescer. Dá gosto jogar com os nossos, ver que nos animam. É uma motivação extra para utilizar como um benefício. Desfrutar dentro do court, desfrutar ao ver que as pessoas te animam é algo incrível e que vou usar a meu favor”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.