Alcaraz: «Cada encontro é um desafio para eu continuar o mesmo de sempre»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 15, 2022

Carlos Alcaraz entrou no Masters 1000 de Montreal com hipóteses de saltar para o topo do ranking ATP no fim de Cincinnati. Essas possibilidades foram dizimadas logo ao primeiro obstáculo, com Tommy Paul a derrubar o prodígio espanhol de forma surpreendente. No entanto, o número quatro do Mundo desdramatiza.

“Cada encontro é um desafio para eu continuar o mesmo de sempre. Sou o número quatro do Mundo, um dos favoritos a ganhar este torneio, então pode ser um pouco complicado lidar com toda esta pressão”, confessou na antevisão do Masters 1000 de Cincinnati.

Certo é que Alcaraz assume esse desafio. “Estou a treinar ao máximo e ao meu melhor nível com o objetivo de evoluir e reproduzir o nível que mostrei em terra batida e em Miami. Para mim, ser sempre o mesmo jogador é um desafio”, considerou.

Ainda sobre Montreal, Alcaraz desconstruiu o que acontece. “Entendi tudo o que aconteceu em Montreal. Não consegui lidar com a pressão de ser um dos favoritos ao título ou de ter o ranking que tenho agora. Aqui venho mostrar onde estou. O tipo de jogador em que me tornei faz-me ver que devo utilizar essa pressão a meu favor”, referiu.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.