Nastase envia flores à equipa britânica e Keothavong reage: «Não as posso levar comigo no avião»

Ilie Nastase decidiu tentar apaziguar os ânimos entre as equipas romena e britânica na Taça Davis com um gesto algo cordial, mas que não terá valido de muito. O capitão da Roménia, que ganhou a eliminatória deste fim-de-semana e vai por isso manter-se no Grupo Mundial II, enviou flores a todos os membros da seleção adversária como uma forma de desculpa, mas a receção parece tão ter sido a melhor.

Horas depois de ter sido conhecida a decisão por parte da Federação Internacional de Ténis, que optou por suspender Ilie Nastase enquanto conduz uma investigação ao caso deste sábado, todos os membros da equipa britânica receberam um ramo de flores que, veio mais tarde a saber-se, foram enviadas por parte do antigo número um mundial.

“Sim, foram-me dadas flores por alguém da Federação de Ténis da Roménia…”, comentou Anne Keothavong, capitã do Reino Unido, em conferência de imprensa, onde ficou a saber quem era o verdadeiro responsável pela entrada. “Ah, eram do Ilie? Bonito. É uma pena não poder levá-las comigo no avião…”, ironizou a capitã.

Quem também reagiu à tentativa de fazer as pazes foi Judy Murray. “Como se isso fosse resolver alguma coisa. Sei exatamente onde é que metia essas flores…”:

https://twitter.com/JudyMurray/status/856179367604518913

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Jornalista da GQ Portugal e colaborador do Bola Amarela desde novembro de 2011, pouco tempo depois de começar a seguir mais atentamente o mundo do ténis. Pretende nunca mais parar.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *