Ucrânia-Portugal, 0-1. João Sousa vira e dá VANTAGEM à Seleção

João Sousa, número um português e 49.º colocado do ranking ATP, colocou esta sexta-feira a Seleção Nacional da Taça Davis em vantagem na primeira ronda do Playoff de Permanência no Grupo 1 da Zona Europa/África, ao vencer o primeiro encontro da eliminatória diante da Ucrânia, em Bucha, a 18 quilómetros da capital Kiev.

O vimaranense de 29 anos, vindo do melhor resultado da carreira em torneios do Grand Slam — oitavos-de-final no US Open — confirmou o seu favoritismo, ainda que a custo, diante do ucraniano Illya Marchenko, 337.º ATP mas que vale bem mais do que isso (já foi top 50), por 4-6, 6-2 e 6-3, num encontro que durou 2h17.

Num encontro disputado num hardcourt muito mais lento do que seria de esperar — os jogadores tiveram muitas dificuldades em fazer andar a bola — o tenista de leste entrou melhor, mas Sousa foi subindo de nível e Marchenko acabou por quebrar fisicamente.

O segundo encontro da eliminatória vai colocar frente a frente Pedro Sousa e Sergyi Stakhovsky, com a pressão a passar (quase toda) para o lado da formação local.