[Vídeo] Federer bebe shot na passadeira vermelha

Noite de Óscares é noite de excentricidades, e nem o mais regrado, elegante e seleto dos convidados está livre de “meter o pé fora do chinelo”. No seu imaculado fato preto, Roger Federer caminhava pela passadeira vermelha, distribuindo sorrisos e espalhando classe, quando foi interpolado por um jornalista mais atrevido.

“Sou um campeão, como tu”, informou o pequeno e anafado repórter. “De ténis? Ah, de shots de tequila”, adiantou-se o helvético de 34 anos entre gargalhadas. E não foi preciso mais nada. Federer estava rendido ao desafio e ao seu novo compincha. Depois de um convicto “cheers”, virou o copo.

“É para ser número um”, garantiu-lhe o jornalista, que não ficou a vê-lo beber. “Melhor do que número um, sendo assim tão forte… foi inesperado. Este era dos fortes”, disse o suíço, enquanto dava duas pancadas nas costas do seu novo compincha e se despedia com um cumprimento que não terá sido para levar à letra: “vemo-nos por aí”.

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *