Brooklyn Decker denuncia Andy Roddick: «Deitou os troféus para o lixo»

Sem fazer caso da sabedoria popular, que convictamente assegura que entre marido e mulher não se mete a colher, a revista People irrompeu pela casa de Andy Roddick dentro para “arrancar” a Brooklyn Decker algumas revelações inquietantes sobre o antigo número um mundial.

Contou a modelo e atriz de 30 anos que, por exemplo, o ex-jogador norte-americano de 34 anos, campeão do Open dos Estados Unidos 2003 e de mais 31 títulos ATP, aproveitou um dia sozinho em casa para, imagine-se, se desfazer dos seus troféus. Mas todos, todos?

“Temos o do Open dos Estados Unidos”, tranquilizou Decker, revelando que neste momento se encontra também ele longe da vista do casal, por ter sido emprestado para uma exposição temporária. “Mas todos os outros troféus foram para o lixo. Foi muito desconcertante”.

“Ele deitou-os fora num dia em que eu tinha saído de casa. Ele decidiu que os troféus não são sinal de sucesso para ele. Disse: ‘eles não me definem, não quero saber de coisas materiais amontoadas pela casa’, por isso deitou-os no lixo. Eu acho que ele poupou alguns, mas não estão expostos”, admitiu Decker, com quem o três vezes finalista de Wimbledon está casado desde 2009 e de quem tem um filho de quase dois anos.

O troféu do Open dos Estados Unidos, emprestado por estes dias, decorava orgulhosamente casa do casal, em abril do ano passado:

This @keithkreeger vase is in good company. So is my favorite weenie cactus. 📷: @spacecaseps @mydomaine

A post shared by Brooklyn Decker (@brooklyndecker) on

 

Sobre o autor
-

Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *