Que estrelas da Alemanha podem vir a Portugal em setembro?

É a Alemanha que Portugal vai ter de tirar da frente para seguir caminho em direção ao tão ambicionado Grupo Mundial da Taça Davis, onde nunca conseguiu chegar até então. O confronto do playoff vai acontecer em setembro, entre os dias 15 e 17, em parte incerta, para já, ainda que o Centralito seja apontado como forte possibilidade.

Mas que jogadores podem, afinal, desafiar os nossos guerreiros, encabeçados por João Sousa e Gastão Elias, nessa prometedora eliminatória? Bom, a equipa visitante virá certamente munida dos seus melhores jogadores, alguns deles conhecidos pelos estragos que têm feito no circuito ATP.

Alexander Zverev (20º ATP): Ainda nem completou 20 anos, mas já vai dispensando grandes apresentações, ou não fosse ele apontado como um dos futuros lideres do ranking. Este ano, conquistou em Montpellier, França, o seu segundo título da carreira e na semana passada alcançou os quartos-de-final em Miami, tendo sido travado apenas por Nick Kyrgios.

Na Taça Davis, o número 19 mundial e número um germânico, conta com duas convocatórias, que resultaram em quatro derrotas e uma vitória, esta última conquistada este fim-de-semana diante da Bélgica (a Alemanha perdeu por 1-4).


Mischa Zverev (33º ATP): Especialista de pares, o irmão mais velho de Alexander fez o seu nome ecoar pelos quatros cantos do mundo quando eliminou Andy Murray no Open das Austrália 2017. O jogador de 29 anos será um dos jogadores da comitiva alemã a entrar no avião com destino Portugal, este verão. Em Indian Wells, há um mês, derrotou João Sousa, nunca tendo alcançado qualquer vitória na Taça Davis.


Philipp Kohlschreiber (32º ATP): A experiência do número dois alemão, de 32 anos, pode revelar-se uma forte dor de cabeça para a seleção lusa. Os quartos-de-final em Doha e em Sydney são os seus melhores resultados este ano.


A sua primeira participação na Taça Davis aconteceu há dez anos, e desde então vestiu a camisola germânica todos os anos. Contra a Bélgica, no fim-se-semana passado, perdeu o em cinco sets único encontro que jogou, diante de Steve Darcis, mas conta com 20 triunfos (13 derrotas).

Florian Mayer (49º ATP): Número quatro germânico estreou-se na Taça Davis em 2004 e voltou a lutar pelos interesses do seu país em oito ocasiões. Amealhou 10 triunfos, sete deles em terra batida, e nove derrotas. No que toca a resultados no circuito ATP, Mayer ainda à procura da primeira vitória de 2017.


Dustin Brown (75º ATP): Não enverga as cores do seu país desde 2015, mas é um dos jogadores espectáculo do circuito e faria, com certeza, as delícias dos adeptos portugueses. Conta com sete vitórias e duas derrotas na Taça Davis. No circuito principal, o ano não lhe tem corrido propriamente de feição, tendo perdido na primeira ronda nos últimos quatro torneios que disputou.


Jan-Lennard Struff (59º ATP): Fez parte do quarteto que defrontou a Bélgica no fim-de-semana passado, mas não chegou a pisar o court. No total, soma três vitórias, duas delas em terra vitórias, na Taça Davis. O número cinco alemão tem como resultado mais expressivo este ano o triunfo sobre Gilles Simon em Miami, na semana passada.

Alexander Zverev, Mischa Zverev, Philipp Kohlschreiber e Jan-Lennard Struff, equipa que defrontou este fim-de-semana a Bélgica

Sobre o autor
- Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *