Zverev: «Os miúdos sonham jogar ‘oitavos’ de um Slam com o melhor amigo. Eu e o Rublev fizemos isso hoje»

Por José Morgado - Janeiro 27, 2020
zverev

Alexander Zverev e Andrey Rublev, de 22 anos, protagonizaram esta segunda-feira o abraço mais longo da edição de 2020 do Australian Open, depois do encontro em que alemão derrotou o russo rumo aos quartos-de-final da prova. Amigos de infância e muitas vezes parceiros de pares, os dois tenistas, que falam fluentemente russo, aperceberam-se da importância do encontro que jogaram na Melbourne Arena.

“Eu disse ao Andrey que vamos jogar muitos mais encontros como este. É incrível perceber de onde viemos e onde chegámos, juntos. Somos amigos desde os 10 anos. Muitos miúdos sonham jogar os ‘oitavos’ de um Grand Slam som um dos seus melhores amigos. Foi exatamente isso que eu e o Andrey fizemos hoje. É bom termos a noção desse momento”, confessou em declarações após o encontro.

Zverev deixou ainda a entender aquilo que tem mudado na sua vida para as coisas passarem a correr melhor. “Estou feliz. O meu pai está feliz. A minha equipa está feliz. A minha namorada espero que também esteja feliz. Quando estás bem fora de campo, as coisas correm melhor lá dentro”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.