Zverev: «O melhor que me podia ter acontecido foi a época de terra… do Tsitsipas»

Por José Morgado - Junho 3, 2019
sascha-zverev

Alexander Zverev, de 22 anos, está a conseguir nas últimas semanas contrariar um início de temporada que estava a ser abaixo das expectativas. O atual número cinco mundial chegou a Paris sem que ninguém esperasse nada dele em Roland Garros e assume que esse estatuto de ‘underdog’ jogou a seu favor quando comparado, por exemplo, com Stefanos Tsitsipas.

“A minha coisa que me poderia ter acontecido foi a boa temporada de terra batida que o Stefanos Tsitsipas fez. Fiquei feliz por ele, contra o Wawrinka ele jogou um encontro tremendo ma as coisas não caíram para o lado dele. Mas de facto ele é que foi a estrela da nova geração nos últimos meses, as pessoas falaram mais sobre ele do que sobre mim e isso foi bom, tirou-me pressão de cima”, assegura o alemão.

Zverev tem encontro marcado com Novak Djokovic e espera, naturalmente, muito trabalho. “Espero que o meu corpo desta vez não me traia e eu possa defender melhor as minhas chances. O Novak é o número 1 do Mundo. Espero um encontro muito duro e interessante”, assumiu Zverev, fazendo alusão à lesão que sentiu durante os ‘quartos’ de

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.