Zverev: «Está a ser um ano horrível mas ainda sou top 10 e com hipóteses de ir às Finals»

Por Nuno Chaves - 5 Agosto, 2019

Alexander Zverev regressa a um local onde já foi muito feliz. O tenista alemão joga esta semana o ATP 1000 de Montreal (palco onde venceu a prova em 2017) e o seu objetivo é claro: tentar regressar ao seu melhor nível, algo que ainda não aconteceu em 2019.

Na sua conferência de imprensa de antevisão, Sascha reconheceu a má época, mas procura olhar com otimismo. “Está a ser um ano horrível, não cumpri nenhum dos meus objetivos mas mesmo assim, continuo no top 10 e tenho hipóteses de ir às ATP Finals”, reconheceu o alemão.

“Enfrento esta fase da temporada com a segurança de que as coisas só podem correr melhor. Creio que o meu ténis se pode adaptar muito bem a estes courts e psicologicamente estou muito melhor do que as pessoas pensam”, garantiu o agora número sete mundial.

Zverev, que não joga a primeira ronda em Montreal por ser um dos oito primeiros cabeças-de-série, defronta na segunda eliminatória o vencedor do encontro entre Marton FucsovicsCameron Norrie.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.