Wawrinka continua a acreditar: «A cada dia vejo o que ainda sou capaz de fazer»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 21, 2022

Stan Wawrinka pode ocupar apenas o 284.º posto do ranking ATP aos 37 anos, depois de uma lesão grave o tirar dos courts. No entanto, o suíço, antigo top 3 mundial, não deixa de acreditar que ainda pode voltar a um bom nível, como tal como se percebeu no triunfo diante de João Sousa em Metz.

“Ainda tenho margem, posso sentir isso. Teria preferido entrar no quadro com um wild card, mas agradeço ao torneio por me ter convidado para o qualifying. Não tenho problema em baixar de escalão. Preciso de competir, jogar o máximo possível. Quanto mais velho só, mais tempo demora a resolver o puzzle”, começou por destacar após bater o português.

Wawrinka, que agora vai defrontar Daniil Medvedev, confia que ainda tem muito para dar. “Sou realista com o meu nível atual, ganhei um encontro em cinco meses. Não digo que vou ganhar um Grand Slam, mas a cada dia vejo o que ainda sou capaz de fazer. Passei muitas horas no court e a preparar-me fisicamente. Sei que isso vai dar os seus frutos. No ano que vem voltarei a estar a um nível apropriado”, rematou.

João Sousa não resiste a (excelente) Wawrinka em Metz

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.