[VÍDEO] Pela primeira vez, o olho de falcão foi corrigido pelo VAR

Por José Morgado - Novembro 7, 2019
kecmanovic

O ténis tem estado ao longo dos anos na linha da frente na forma como a tecnologia pode ajudar à verdade desportiva. A introdução do olho de falcão em 2007 foi um momento marcante na história da modalidade, mas os últimos anos têm trazido o teste pontual de algumas inovações, com destaque para as ATP NextGen Finals, que esta semana testam pela primeira vez… o vídeo-árbitro, conhecido no mundo do futebol como ‘VAR’.

Esta quinta-feira, pela primeira vez na história, o VAR corrigiu uma chamada… do olho de falcão, num verdadeiro conflito tecnológico. Em Milão, não há juízes de linha, pelo que as chamadas do hawk eye são feitas ‘ao vivo’, só que esta quinta-feira uma das pancadas de Alejandro Davidovich Fokina foi claramente fora… e ignorada pelo olho de falcão. Kecmanovic recorreu ao VAR e a árbitro francesa Aurelie Tourte corrigiu a decisão após aperceber-se de que a bola tinha mesmo sido fora.

A decisão ajudou o sérvio Miomir Kecmanovic a ganhar o ponto e entra para a história pelo facto de ter sido a primeira vez que o VAR alterou o destino de um ponto num encontro de ténis. A implementação do VAR noutros torneios está a ser estudada e deverá ser um dos pontos de debate colocado em cima da mesa pelo novo presidente do ATP Tour, Andrea Gaudenzi.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.