[VÍDEO] Brooksby acertou num apanha-bolas com a raqueta e Coria revolta-se: «Devia ter sido desqualificado»

Por José Morgado - Março 25, 2022
brooksby-raqueta

Nova semana, nova situação em que um jogador de ténis coloca em perigo uma pessoa que está dentro do campo apenas para cumprir o seu trabalho. Depois de Alexander Zverev, em Acapulco, e de Nick Kyrgios, em Indian Wells, esta quinta-feira foi a vez do jovem norte-americano Jenson Brooksby, de 21 anos, acertar (ainda que de raspão) com a sua raqueta nas pernas de um apanha-bolas durante a primeira ronda do ATP Masters 1000 de Miami.

Brooksby acabou por vencer o seu encontro em três sets diante do argentino Federico Coria, que ainda em court pediu ao árbitro brasileiro Carlos Bernardes que fosse mais severo na punição atribuída ao tenista norte-americano, que se ficou por um ponto de penalização.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/tennisbreaknews/status/1507079693438267394?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1507079693438267394%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fbolamarela.pt%2F%2Fwww.puntodebreak.com%2F2022%2F03%2F24%2Fpolemica-miami-brooksby-golpeo-recogepelotas-raqueta-no-descalificado

Depois, em entrevista após o encontro, Coria foi claro em relação à situação. Acho que o regulamento tem muitas zonas cinzentas. Se acertas em alguém no court, isso deve ser uma desqualificação direta. O ATP Tour vai ter de chegar a um entendimento sobre como são os regulamentos. Se queremos uma modalidade limpa, atacar alguém no court não deve ser o padrão. Eu disse ao Carlos que estava dececionado porque ninguém quis sequer perguntar ao jovem apanha bolas como é que ele estava. Não sei por que ele agiu assim. Se eu fizesse algo igual, ou qualquer outro tenista latino, não jogaria durante três meses”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.