Uma questão de horas: perceba o que levou Djokovic a ganhar o recurso em tribunal

Por Bola Amarela - Janeiro 10, 2022
djokovic

Novak Djokovic ganhou a batalha em tribunal e viu o seu recurso resultar para evitar a ordem de deportação da Austrália, bem como para recuperar o seu visto. O que levou, então, a que o juiz Anthony Kelly desse razão ao número um do mundo em todo este processo, que começou com uma entrevista na chegada à Austrália e que continuou com a detenção no Park Hotel? Aqui explicamos a base legal que levou a que o juiz anulasse a ordem de deportação.

Pois bem, podemos afirmar que foi tudo uma questão de horas. Kelly considerou que o cancelamento do vista “não foi razoável” por causa da cronologia dos acontecimentos. Ora, às 5h20 da manhã no dia da chegada a Melbourne, Djokovic foi informado de que tinha até às 8h30 para responder à notificação de intenção de ter o visto cancelado. Dessa forma, poderia contactar os seus agentes e advogados para perceber o que fazer.

No entanto, essa resposta de Djokovic foi recolhida às 6h14 e a Força da Fronteira tomou a decisão de retirar o visto às 7h42. Dessa forma, o juiz Anthony Kelly deliberou que o sérvio teria direito a mais tempo para clarificar a sua decisão e ficou sem esse privilégio que lhe havia sido concedido.

Djokovic GANHA luta em tribunal mas governo estuda usar poder… que o bane por três anos

Bola Amarela