Troicki: «Com Djokovic era muito mais fácil mas o futuro está nas mãos dos mais jovens»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 13, 2022
djokovic-troicki

Novak Djokovic é um dos grandes ausentes da fase de grupos das Davis Cup Finals, com o número sete do ranking ATP a desistir depois de inicialmente ter sido convocado por Viktor Troicki. Motivos pessoais — o casamento do irmão — fizeram-no não juntar-se à seleção da Sérvia, mas o capitão mantém-se confiante.

“Com Djokovic era muito mais fácil, ele tem estado connosco para ajudar a equipas tantas outras vezes e para ajudar a ganhar, mas o futuro agora está nas mãos dos mais jovens. Têm de se preparar e assumir a responsabilidade, conseguir vitórias importantes. Estes rapazes merecem estar na equipa, no futuro haverá muito mais eliminatórias em que o Novak não vai poder estar connosco”, sustentou Troicki, que conta com Miomir Kecmanovic, Filip Krajinovic, Dusan Lajovic, Laslo Djere Nikola Cacic.

No mesmo grupo da Espanha, Troicki falou ainda da hipótese de defrontar Carlos Alcaraz“Antes de mais, parabéns pelo seu primeiro título do Grand Slam e por ser o número um do Mundo mais jovem de sempre. É algo gigantesco e merecia. Tem jogado um grande ténis esta época, é fenomenal ver um jogador tão bom e trabalhador tão cedo. A eliminatória muda muito se não a jogar, mas vamos estar prontos para qualquer cenário”, referiu.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.